segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Dia: 17/01/11 (segunda)

Devocional Diária: Jo. 15.5
Leitura Anual: Gn. 18, Mt. 17, Ne. 7

SOMOS OS GALHOS: Enquanto o nosso coração não for entregue sem reservas a Deus, não permaneceremos na Videira verdadeira, e não poderemos florescer nela, e dar frutos abençoadores. Deus não transige no mínimo com o pecado. Pudesse ele fazer, Cristo não teria precisado vir ao mundo a fim de sofrer e morrer. Não é genuína nenhuma conversão que não mude tanto o caráter como a conduta dos que aceitam a verdade. A verdade atua por amor, e purifica a alma. Nossa profissão de fé é destituída de valor a menos que permaneçamos em Cristo; pois não podemos ser ramos vivos a menos que as qualidades vitais da Videira sobejem em nós. Na fé verdadeira aparecerão as características de Cristo. Quando isto for uma realidade naqueles que professam crer, veremos uma igreja próspera, pois nossos membros não vivem para si, mas para aquele que morreu por eles. Eles serão ramos florescentes da Videira viva. O verdadeiro cristão tira seus motivos de ação do profundo amor que tem para com seu Redentor. Seu amor por Jesus é verdadeiro e santo. Ligados a Cristo, temos futuro e vida. Longe dele, secamos e padecemos!

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Deus seja sua vitória!

Creia em Jesus Cristo

Visualizações