domingo, 16 de outubro de 2011

METAMORFOSE DO MAL (I)


Leitura do dia: Apoc. 13.1

O mal é antigo e essencialmente trágico. Até mesmo em forma de anjo de luz, o mal não é capaz de enganar os eleitos de Deus. A besta que surge do mal tem semelhança com o dragão. A diferença encontra-se em um elemento que é acrescentado. É dito que sobre a cabeça, a besta possui nomes de blasfêmias. Isto mostra que a besta representa uma mentalidade de oposição a Deus e à verdadeira fé. Ela constrói doutrinas, práticas e posições que são ofensas a Deus! A blasfêmia é uma declaração intencional. Ela é pronunciada a partir do conhecimento da verdadeira fé e doutrina bíblica. A blasfêmia é uma oposição declarada ao que é verdadeiramente bíblico e ao que condiz com a verdade sobre Deus. Quem usa de blasfêmia quer ofender a Deus através da falsificação da verdade. A mentalidade do mundo tem sido formada através da disposição da besta, que é de blasfemar contra Deus. A igreja deve buscar discernimento para conhecer as tramas de blasfêmias e afirmar a verdade de Deus em tudo que faz. Sobre nossa cabeça temos a verdade de Deus. Só podemos com a verdade pela verdade!

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Deus seja sua vitória!

Creia em Jesus Cristo

Visualizações