domingo, 18 de dezembro de 2011

A QUEDA BA BABILÔNIA (I)


Leitura do dia: Apoc. 18.1-3

O mundo tornou-se global. Ele é palco da investida do inimigo. Comércio e cultura humana são usados para fomentar uma realidade sem Deus, sem paz e sem salvação. O agravante da realidade deste mundo tenebroso é que ele, primeiramente, é palco da morada de demônios e esconderijo de espíritos imundos. O mal encontra facilmente eco na estrutura social humana. O segundo agravante é que essa estrutura humana tornou-se espaço da plenificação do pecado. Nela o detestável a Deus é amplamente aceitável como cultural, social e promovedor da felicidade humana. Onde demônios e pecado torna-se lei, a destruição é certa! Babilônia, como sociedade de afronta a Deus, chega ao fim, pois é sociedade fundada na luxúria. A luxúria é areia movediça. Quem nela cai, é engolido vivo! Não se pode imaginar outro fim para qualquer realidade que não teme ao Senhor e nele não coloca sua esperança. O mundo cambaleia para a destruição. Ele se encontra embriagado com o mal e com os frutos da maldade. É anunciado o seu fim. Nossa esperança estar em Deus. Nele temos a certeza de viver numa nova cidade.

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Deus seja sua vitória!

Creia em Jesus Cristo

Visualizações