sábado, 13 de outubro de 2012

O LIMITE É O OUTRO!


- LEITURA BÍBLICA -

"Se por causa de comida o teu irmão se entristece, já não andas segundo o amor fraternal. Por causa da tua comida não faças perecer aquele a favor de quem Cristo morreu" (Rm. 14.15).

Lutero já afirmava que o cristão é livre de todos, e escravo de todos. Essa condição de liberdade e de prisão acompanha todo aquele que quer viver a fé cristã. Onde termina a minha liberdade? Alguém pode dizer que é onde começa a do outro. Pode até ser verdade, mas algo mais haverá de ser dito. A minha liberdade termina quando o outro não está sendo edificado em amor. Nada vale mais do que a manutenção do irmão em alegria no Senhor. Se algum coisa me é tão cara a ponto de eu preferir sua prática do que a beleza do funcionamento ajustado do corpo de Cristo - que é a igreja - já me falta o amor fraternal. Nessa condição, eu estarei vivendo sobre o signo do egoísmo e não sobre o impulso da graça e do amor de Deus. Devemos dar a devida importância aos irmãos como Cristo os dá. Jesus morreu por eles, e eles são os queridos de Deus. Sua compreensão de algumas coisas não os diminuem. Os fortes devem sustentar os fracos e não menosprezá-los. Se Cristo morreu por meu irmão, eu posso evitar algo por ele também.

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Deus seja sua vitória!

Creia em Jesus Cristo

Visualizações