segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

A INSIGNIFICÂNCIA DA RIQUEZA

Devocional e riqueza

- LEITURA BÍBLICA DEVOCIONAL -

"E o rico, na sua insignificância, porque ele passará como a flor da erva. Porque o sol se levanta com seu ardente calor, e a erva seca, e a sua flor cai, e desaparece a formosura do seu aspecto; assim também se murchará o rico em seus caminhos" (Tg. 1.10-11)


A riqueza é a raiz de todos os males. Por ela, alguém pode se tornar idolatra e deixar a verdadeira adoração. O cuidado que os ricos devem ter é quanto ao desenvolvimento do orgulho quando envolvido pela riqueza. O ser humano é carente da glória de Deus. A providência divina é que nos sustenta. A riqueza pode enganar o coração e se tornar pretensioso. Não é tanta riqueza, tanta significância. A riqueza não muda a nossa condição diante de Deus. O crente, que se serve da riqueza em sua vida, deve manter viva a realidade da insignificância. Ela sabe que celeiros cheios não é razão de descanso e folga. Se o Senhor pedir a nossa alma, o que temos não fará diferença alguma. Agrande diferença é saber que somos como a erva que sai em flor pela manhã, e a tarde murcha e desaparece. A riqueza não é segurança de perenidade e nem de felicidade no caminho. O coração crente não se deixa enganar. Ele sabe que a riqueza deve ser recebida como um dom de Deus e vivida como instrumento para a glória divina.
Torne as Devocionais de Vitória sua companhia diária. Fazemos lembrar de um pensamento bem conhecido: "Tem pessoas que são tão pobres, que não têm nada além de dinheiro". Deus nos livre do mal!

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Deus seja sua vitória!

Creia em Jesus Cristo

Visualizações