sábado, 5 de janeiro de 2013

DUPLICIDADE NÃO!

Devocionais de Vitória

- LEITURA BÍBLICA DEVOCIONAL -

"Acaso, pode a fonte jorrar do mesmo lugar o que é doce e o que é amargoso? Acaso, meus irmãos, pode a figueira produzir azeitonas ou a videira, figos? Tampouco fonte de água salgada pode dar água doce" (Tiago 3.11-12).

Deus não tolera a falsidade e a duplicidade de coração e de língua. A orientação bíblica é que nossa palavra seja sim ou não, e temperada com sal. É inconcebível à verdade bíblica que o crente seja portador de duas condições. Uma ele louva a Deus e se confraterniza com palavras agradáveis e na outras ele inocula veneno nas palavras e as maculam. Não se espera que no crente esteja a perversidade e bondade operando em comum acordo. Não se espera que na boca do crente estejam as palavras de edificação em comum acordo com as palavras torpes e sem nenhum constrangimento. Se alguém se encontra dentro dessa realidade, estamos diante de uma situação de fingimento em relação à fé e da ação plena do pecado. O crente é fonte que jorra a água da vontade de Deus. Ele não vive a indecisão e nem o compartilhamento com o mal. É claro que da boca do crente não pode sair louvor a Deus e palavras torpes! Ela deve ser usada para bendizer a Deus e abençoar as pessoas.

Rev. Lucas Guimarães

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Deus seja sua vitória!

Creia em Jesus Cristo

Visualizações