sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

NÃO CONVÉM AO CRENTE

Devocional de Vitória

- LEITURA BÍBLICA DEVOCIONAL -

"Com ela, bendizemos ao Senhor e Pai; também, com ela, amaldiçoamos os homens, feitos à semelhança de Deus. De uma só boca procede bênção e maldição. Meus irmãos, não é conveniente que estas coisas sejam assim" (Tiago 3.9-10).


A língua é multiuso. Isso parece um tanto louvável e necessário. Pelas costas falamos mal do outro e na sua presença é somente elogios. Também se vê como as pessoas usam a mentira para se livrar de inconvenientes provocados por suas irresponsabilidades. Tiago questiona essa postura na vida do crente. Da boca pode ser proferido louvor a Deus e maldição às pessoas que são conosco semelhança de Deus? Seu veredito é que isso não é conveniente. Não podemos viver de forma a divorciar a fé da prática. A mesma língua que louva a Deus deve também assumir atitudes de bondade para com as pessoas. Uma língua que louva a Deus, mas não detêm o mal para com as pessoas encontra-se em fingimento. Deus não é louvado por boca que se propõe ao mal contra as pessoas. O duplo uso da língua é contrário à vontade de Deus que combate toda duplicidade. Não convém ao crente o maligno multiuso da língua. A boca que louva a Deus deve abençoar e fazer o bem às pessoas. O bom, o correto e o conveniente é colocar a boca para comunicar a bondade de Deus e a bondade do Evangelho em nós.

Rev. Lucas Guimarães

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Deus seja sua vitória!

Creia em Jesus Cristo

Visualizações