terça-feira, 27 de janeiro de 2015

ADMOESTAÇÃO EM AMOR

DEVOCIONAIS DE VITÓRIA
(25-31/01/15)

“Ora, o intuito da presente admoestação visa ao amor que precede de coração puro, e de consciência boa, e de fé sem hipocrisia” (1a Timóteo 1.5).

Igreja Vitória

A verdade dita sem amor é tão perigosa quanto a mentira. Alguém diz: “Eu tive que dizer minha verdade”. Todo cuidado com tal atitude. A verdade jamais deve ser transformada em arma! O zelo pela verdade não pode jamais ocorrer sem o vinculo do amor. A destinação da admoestação (conselho) é a vivência do amor. Não é apenas aplicar lição de moral ou constranger o outro. Paulo faz uma recomendação a Timóteo. Ao esboçá-la, ele sente a necessidade de mostrar como essencialmente se fundamenta seu conselho. Como já vimos, é o alvo de toda admoestação é a vivência do amor. Pela exposição de Paulo, não estamos falando de qualquer amor. O amor, que é a base sustentadora de toda admoestação edificadora, tem por fonte: 1. O coração puro – Os limpos de coração verão a Deus. Somente um coração que tem comunhão com Deus pode produzir verdadeiro amor fraterno e cristão; 2. Consciência boa – Se a mente tornou-se oficina do mal, é impossível ter a consciência como fonte sustentadora do amor. Se a mente está cativa a Cristo, ela é boa em sua natureza é afirmadora do amor; e 3. Fé sem hipocrisia – Não haverá verdadeiro amor, onde existe falsidade. A fé não deve sê teatral, mas real. Quando ela é verdadeira, torna-se fonte de amor que fundamenta toda ação admoestadora e benfeitora. Que nossas palavras sejam amorosas. Que nosso amor tenha por fonte o que indica a Palavra: o coração puro, a consciência boa e a fé sem hipocrisia. Que o Senhor o conduza à vitória!

* * *
"Não haverá verdadeiro amor, onde existe falsidade".

* * *

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Deus seja sua vitória!

Creia em Jesus Cristo

Visualizações