quinta-feira, 10 de setembro de 2015

ORAÇÃO PELAS AUTORIDADES

DEVOCIONAIS DE VITÓRIA
(06-12/09/15)

“...em favor dos reis e de todos os que acham investidos de autoridade, para que vivamos vida tranquila e mansa, com toda piedade e respeito” (1ª Timóteo 2.2).

Devocionais de Vitória

Percebe-se certa comoção em relação às lideranças constituídas no país. O descrédito promovido pelas denúncias de corrupção e um sistema político forjado para dar margem às intenções malignas parecem nos autorizar a fazer de toda autoridade alvo de fofoca e maculação. Já ouvi muitos cristãos com posições contra as autoridades que até nos ímpios seriam danosos: ódio, rancor, praguejamento e uso de palavras maculadoras. Não estou sugerindo que se assuma uma posição de passividade diante da corrupção. Se tem provas, que seja devidamente denunciado. Se não tem provas, que se use o meio legal de uma democracia: a retirada do cargo pelo voto. Paulo sugere que a oração pelas autoridades tem um fim que vai além da questão econômica e política. Oramos pelas autoridades para que a vida tranquila e mansa seja possível ser vivenciada em nossa sociedade de forma respeitosa e piedosa. A vida da paz de Deus (tranquilidade e mansidão) assume uma postura ética e espiritual (piedade e respeito). Você talvez esteja pensando: “Mas a situação de nosso país é insustentável. Como orar por pessoas sem escrúpulos como as autoridades que estão envolvidas com um projeto de corrupção”. Insustentável muito mais era a condição dos cristãos na época de Paulo. Eles eram perseguidos e julgados por crime apenas por seguir a Jesus. Não se podia confia nessas autoridades. A maioria vivia de trapaças e de mentiras. Eles eram subordinados a uma estrutura de poder que apenas visava arrecadação de impostos e manutenção de cargos. As pessoas se tornavam marionetes nesse sistema. Mesmo assim, Paulo exorta para que Timóteo vivencie sua espiritualidade através de orações por essas autoridades, pois uma vida tranquila, mansa e piedosa depende dos rumos políticos também. O que pode a oração? Pode muito em seus efeitos. Deus usou o imperador Ciro para promover a libertação de seu povo. Esse imperador era pagão. Se Deus está no controle de todas as coisas, temos que orar pelas autoridades para que, apesar de muitos não temerem a Deus, mesmo assim possa ser guiados em prol do triunfo do bem e do bem estar de nossa sociedade. Já estar na hora de tomar como lema: Eu oro por eles, mas não voto em neles! Tenha uma semana de vitória!

* * *
 A vida da paz de Deus (tranquilidade e mansidão) assume uma postura ética e espiritual (piedade e respeito).

* * *

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Deus seja sua vitória!

Creia em Jesus Cristo

Visualizações