quinta-feira, 28 de julho de 2016

O PADRÃO DO SERVIÇO CRISTÃO - II

DEVOCIONAIS DE VITÓRIA
(24-30/07/16)

“Conservando o mistério da fé com consciência limpa” (1a Timóteo 3.9).

Devocionais de Vitória

O serviço cristão é a forma mais imediata de assumir a atitude de Jesus diante das pessoas que são alvo da divina graça. Jesus é o Senhor que se tornou servo para que todos pudessem conhecer o amor de Deus. Sem serviço não existe como expressar o amor. Assim sendo, toda validação do empreendimento cristão passa pelo servir uns aos outros. Mas a validação do servir requer a legitimação do servo. Não é qualquer serviço de qualquer servo e nem o que importa é o servir e não o servidor. Servo que não serve não serve. Serviço de servente sem caráter cristão é simplesmente um fardo e não um servir. Uma das características que todo servo cristão deve ter é perseverança na fé. Paulo fala da conservação do mistério da fé. Isso não significa que a pessoa seja possuidora de um saber ou espiritualidade particular e única (esotérica). Diz respeito à consciência de ser portador da crença de que ele faz parte da revelação de Deus através de Jesus Cristo ao mundo: foi alvo dessa revelação e agora é proclamador dela. Com isso é possível declara com Paulo que: 1. Todo serviço cristão deve ser fundamentado na fé – o impulso ao serviço é a fé em Cristo como enviado por Deus para servir a divina graça ao mundo. Ter fé em Jesus é acompanha-lo em serviço; e 2. Todo serviço cristão necessita da perseverança do servo na fé – isso evitará que o servo seja empolgado apenas no serviço e esqueça o principal que é a fé que opera o amor, o serviço. Não devemos ser servos do serviço, mas servos para servir. Finalmente, Paulo coloca enfoque numa questão que não pode ser esquecida: o serviço cristão deve ser realizado com consciência limpa. O serviço cristão não é pagamento de dívida e nem meio para se sentir aliviado de erros praticados. Ele é uma expressão da graça libertadora em nós. A consciência do servo deve estar plenamente em paz consigo e com Deus no exercício do serviço. Nada de perturbação ou remorso. O serviço cristão deve ser o recebimento da graça divina para quem pratica e para aquele que recebe. Fé, perseverança e consciência limpa tornará o serviço cristão instrumento para que o mundo veja as nossas boas obras e glorifiquem a Deus. O Senhor Deus seja sua vitória!

* * *
 "O serviço cristão deve ser o recebimento da graça divina para quem pratica e para aquele que recebe".

* * *

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Deus seja sua vitória!

Creia em Jesus Cristo

Visualizações