terça-feira, 29 de agosto de 2017

O MISTÉRIO DA PIEDADE

DEVOCIONAIS DE VITÓRIA
(27/08-02/09/17)

“Evidentemente, grande é o mistério da piedade: Aquele que foi manifestado na carne foi justificado em espírito, contemplado por anjos, pregado entre os gentios, crido no mundo, recebido na glória” (1ª Timóteo 3.16).


Não existe dúvida para Paulo que o Cristianismo estabelece o novo parâmetro existencial e espiritual. Daí sua formulação inicial (“evidentemente”) para demonstrar uma verdade que corresponde a uma realidade. Que verdade é essa? É que a demonstração da graça de Deus, de forma a habilitar o ser humano a servi-lo, amá-lo e adorá-lo corretamente, é uma grandeza incomparável. Esse é o “mistério da piedade”: o que foi revelado para que se possa viver corretamente para Deus. O Cristianismo é resultado da revelação do amor divino. Como tal, a igreja torna-se baluarte da verdade, ou seja, da experiência com essa verdade. A revelação da verdade pode ser definida a partir da vida de Jesus. O que se revela a todos nós é Jesus como filho encarnado de Deus. A revelação da graça divina tem por conteúdo a pessoa de Cristo em suas cinco condições: 1. De encarnado, mas sem pecado – sua manifestação na carne não redundou em contaminação da carne. Ele, finalmente, foi tido por justo, inocente e sem pecado; 2. De eterno Deus – antes da encarnação, Cristo já existia e por anjos era adorado; 3. De Salvador do mundo – a pregação do Evangelho somente se justifica porque o mundo encontra-se perdido e carente de um salvador que o livre de seus pecados. Toda pregação cristã é uma declaração da existência do Salvador Jesus Cristo; 4. De alvo da fé – a fé cristã destina-se a apenas uma única pessoa capaz de se tornar o perdão de nossos pecados: Jesus Cristo. Essa fé é existencial. Ela é desenvolvida no presente tempo e lugar. É nesse mundo que devemos ter fé em Jesus como Senhor e Salvador; e 5. De ressuscitado – Jesus Cristo é aquele que foi recebido à direita de Deus. A ele foi dado todo poder e autoridade. A ressurreição de Cristo é a demonstração da aceitação divina de sua obra redentora e a demonstração de seu poder sobre a morte. O Cristianismo traz em sua mensagem e vida um conteúdo que é a própria revelação da graça divina. Esse conteúdo é a própria pessoa de Jesus: encarnado, eterno, salvador, crido e ressuscitado. Isso mostra que o Evangelho é realmente o poder de Deus. Em Jesus, encontra-se tudo que Deus queria revelar ao mundo. Eis a grandeza!

* * *
"Toda pregação cristã é uma declaração da existência do Salvador Jesus Cristo"

* * *

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Deus seja sua vitória!

Creia em Jesus Cristo

Visualizações